Bruna Octaviano | Azulejo | Tapeçaria manual | 55×70 cm | C.I.D. | 2019

BRUNA OCTAVIANO – “Tapeçaria-Azulejo”. (obra participará do nosso leilão – dia 26/08/2020)
Técnica/Suporte: Tapeçaria Manual – Tecida a mão em algodão e lã.
Medidas: 55 x 70 cm (obra).
Assinatura: C.I.D. – canto inferior direito.
Data: 2019.
Certificado: Obra acompanha o certificado de autenticidade emitido pela Galeria Paulista / Artista.
Estado de conservação: Excelente.
Descrição/Detalhes: Linda obra do artista, executado em tapeçaria tecida a mão em algodão e lã.
FRETE GRÁTIS – BRASIL*

Artista

Técnica

Dimensões

Assinatura

Data

Descrição/Detalhes

BRUNA OCTAVIANO – “Tapeçaria-Azulejo”. (obra participará do nosso leilão – dia 26/08/2020)
-Técnica/Suporte: Tapeçaria Manual – Tecida a mão em algodão e lã.
-Medidas: 55 x 70 cm (obra).
-Assinatura: C.I.D. – canto inferior direito.
-Data: 2019.
-Certificado: Obra acompanha o certificado de autenticidade emitido pela Galeria Paulista / Artista.
-Estado de conservação: Excelente.
-Descrição/Detalhes: Linda obra do artista, executado em tapeçaria tecida a mão em algodão e lã, com detalhes vazados e inspiradas nas obras do artista Burle Marx.
FRETE GRÁTIS – BRASIL*

BRUNA OCTAVIANO é paulistana e formou-se em arquitetura e urbanismo pela Universidade Mackenzie, e especializada em Design de Móveis com a designer Angélica Santi em 2008, pela OAD (Oficina de arte e Design, em São Paulo).

Em Londres, entre os anos de 2004 e 2008, fez cursos ligados às artes plásticas e design em instituições como o Sotheby’s Institute of Art e Central Saint Martins College of Art & Design.

De São Paulo, Bruna trabalha com diferentes projetos, pessoais e comissionados, é docente nos programas de pós-graduação e extensão do Istituto Europeo di Design de São Paulo (IED-SP), faz trabalhos junto à oficinas de estudo e criação de produtos pelo Brasil, que aproximam design e artesanato em comunidades de artesãos, além de ter atuado como designer de produto na Tok & Stok.

“Comecei a tecer quando descobri o tear como uma força em uma viagem como voluntária, junto a designer Heloisa Crocco em Pedro Segundo , Piauí. La voltei sozinha e fiquei um mês junto a estas fortes mulheres, tecendo com uma tradição vernacular. Aqui em São Paulo tenho grandes amigos mestres tecelões, e entendo que tornar forte o movimento independente do “faça você mesmo” é um modo de fazer a revolução para o futuro.

Meus tecidos são feitos com amor e fé e também querendo passar a alegria e cores da arquitetura instintiva do nosso amado Brasil.”

Open chat
1
Posso te ajudar?