Oferta!

José Antonio da Silva | Carroça | Gravura em Metal S/ Papel – 56/75 | 35×42 cm | C.I.D

R$770.00

[VENDIDA/SOLD!!] JOSÉ ANTONIO DA SILVA – “Carroça”:
-Técnica/Suporte: Gravura em metal sobre papel, assinada à punho pelo artista.
-Medidas: 35×42 cm (MI) | 57×65 cm (quadro/moldura).
-Série/tiragem: 56/75.
-Data: 1970.
-Assinatura: C.I.D. – canto inferior direito, assinado e datado à lápis pelo artista e chancelada pelo editor no CIE.
-Moldura: Com moldura de época de madeira na cor verde, passepartout e vidro de proteção.
-Estado de conservação: Ótimo.
-Descrição/Detalhes: Linda gravura da renomada artista. Esta gravura foi produzida na técnica de gravura em metal sobre papel, está numerada e assinada à punho do artista. A artista produziu a imagem em uma chapa de metal (matriz) e depois transferiu a imagem para um papel de forma artesanal e com tiragem limitada.
FRETE GRÁTIS – BRASIL*

Fora de estoque

Artista

Técnica

Dimensões

,

Assinatura

Data

Descrição/Detalhes

,

[VENDIDA/SOLD!!] JOSÉ ANTONIO DA SILVA – “Carroça”:
-Técnica/Suporte: Gravura em metal sobre papel, assinada à punho pelo artista.
-Medidas: 35×42 cm (MI) | 57×65 cm (quadro/moldura).
-Série/tiragem: 56/75.
-Data: 1970.
-Assinatura: C.I.D. – canto inferior direito, assinado e datado à lápis pelo artista e chancelada pelo editor no CIE.
-Moldura: Com moldura de época de madeira na cor verde, passepartout e vidro de proteção.
-Estado de conservação: Ótimo.
-Descrição/Detalhes: Linda gravura da renomada artista. Esta gravura foi produzida na técnica de gravura em metal sobre papel, está numerada e assinada à punho do artista. A artista produziu a imagem em uma chapa de metal (matriz) e depois transferiu a imagem para um papel de forma artesanal e com tiragem limitada.
FRETE GRÁTIS – BRASIL*
-ID | REF: GP-G31139

-BIOGRAFIA: José Antônio da Silva (Sales de Oliveira, São Paulo, 1909 – São Paulo, São Paulo, 1996).
Pintor, desenhista, escritor, escultor, repentista.

Trabalhador rural, de pouca formação escolar, é autodidata. Em 1931, muda-se para São José do Rio Preto, São Paulo. Participa da exposição de inauguração da Casa de Cultura da cidade, em 1946, quando suas pinturas chamam atenção dos críticos Lourival Gomes Machado (1917-1967), Paulo Mendes de Almeida (1905-1986) e do filósofo João Cruz e Costa. Dois anos depois, realiza mostra individual na Galeria Domus, em São Paulo. Nessa ocasião Pietro Maria Bardi (1900-1999), diretor do Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (Masp), adquire seus quadros e deposita parte deles no acervo do museu. O Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM/SP) edita seu primeiro livro, Romance de Minha Vida, em 1949. Na 1ª Bienal Internacional de São Paulo, em 1951, recebe prêmio aquisição do Museum of Modern Art (MoMA) [Museu de Arte Moderna] de Nova York. Em 1966, Silva cria o Museu Municipal de Arte Contemporânea de São José do Rio Preto e grava dois LPs, ambos chamados Registro do Folclore Mais Autêntico do Brasil, com composições de sua autoria. No mesmo ano, ganha Sala Especial na 33ª Bienal de Veneza. Publica ainda os livros Maria Clara, 1970, com prefácio do crítico literário Antônio Candido (1918); Alice, 1972; Sou Pintor, Sou Poeta, 1982; e Fazenda da Boa Esperança, 1987. Transfere-se de São José do Rio Preto para São Paulo, em 1973. Em 1980, é fundado o Museu de Arte Primitivista José Antônio da Silva (MAP), em São José do Rio Preto, com obras do artista e peças do antigo Museu Municipal de Arte Contemporânea.

Fonte: SONIA Ebling. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural.
Tags: galeria skultura – gravura – papel assinado – galeria paulista

Open chat
1
Posso te ajudar?