Gio Adriana | Flores Imaginárias 3 | A.S.T | 22×30 cm | C.I.D | 2017

R$550.00

Gio Adriana – Flores Imaginárias “7”.
Técnica: A.S.T – acrílica sobre tela.
Medidas: 22 x 30 cm (obra) | 25 x 33 (quadro/moldura).
Data: 2017
A série “Flores Imaginárias” foi composta por nove telas (acrílica sobre tela – 23x30cm cada), que juntas formaram um belo painel inspirado na florada dos Ipês, flor símbolo do Brasil.
Produzidas com técnicas de pintura abstrata em 2017 na Itália (Bologna), já foram expostas em Brasília-Brasil, Bibbiena e Poppi, cidades da região da Toscana na Itália, além de Milão e Bologna também na Itália.

Obs: Valor unit. por tela/obra.
FRETE GRÁTIS – BRASIL*

1 em estoque

Quantidade:
Artista

Técnica

Dimensões

,

Assinatura

Data

Descrição/Detalhes

Gio Adriana – Flores Imaginárias “3”.
-Técnica: A.S.T – acrílica sobre tela.
-Medidas: 22 x 30 cm (obra) | 25 x 33 (quadro/moldura).
-Data: 2017
-A série “Flores Imaginárias” foi composta por nove telas (acrílica sobre tela – 23×30 cm cada), que juntas formaram um belo painel inspirado na florada dos Ipês, flor símbolo do Brasil.
-Produzidas com técnicas de pintura abstrata em 2017 na Itália (Bologna), já foram expostas em Brasília-Brasil, Bibbiena e Poppi, cidades da região da Toscana na Itália, além de Milão e Bologna também na Itália.

-Obs: Valor por tela/obra.

-BIOGRAFIA: Gio Adriana (BR, SP, São Paulo, 1977)
Pintora, desenhista, artista visual

Gio Adriana é Fiamma Viola, artista visual, paulista nascida em 1977, iniciou seu percurso artístico em São Paulo e atualmente vive e trabalha em Bolonha, Itália.
Através de um trabalho multidisciplinar, articula idéias sobre cultura, construção de identidade, questões afetivas, arquétipos e sexualidade em uma atmosfera onírica que firma-se como uma linguagem própria. Uma construção que não se limita à representação da figura feminina, mas inclui formas e conceitos mais amplos, bem como diferentes técnicas como pintura, ilustração, colagem e fotografia.
Seu processo criativo está centrado no corpo feminino como território de construção de uma narrativa visual que busca a liberação da carga negativa usualmente vinculada e propõe uma visão poética livre.

Exposições:
– Esteve presente na Art Basel Week através da exposição realizada pelo coletivo “The ArtBox Projects” no Euroairport em Basiléia / Suíça (junho 2017);
– Produziu em Bolonha a série “Ipês” exposta em Brasília / Brasil (julho 2017);
– Mostra coletiva de Arte Contemporânea “Rizoma”, no Rio Grande do Sul / Brasil (agosto 2017);
– Mostra coletiva “The Global Post Art Show: Mulheres Art Scientists na Avant Garde Now” em Vermont, Estados Unidos (setembro 2017);
– Mostra coletiva”Animus et Anima” na galeria Casa Cava, em Matera / Itália (outubro 2017);
– Mostra coletiva”International Art Expo” na galeria FlyerArt, em Roma / Itália (outubro 2017);
– Mostra “Arte tra Mistero e Magia” na Galeria L’Alluno, por ocasião do encerramento da Bienal de Veneza, em Campo San Leonardo, Veneza / Itália (novembro 2017);
– “Small is Better”, mostra de pequenos formatos no Arnaout Spazio D’Arte em Milão / Itália (dezembro 2017);
– Mostra Coletiva Internacional “Arte a Palazzo” – na Galeria Farini, Palazzo Fantuzzi, em Bolonha / Itália (fevereiro 2018);
– Presente na Armory Artweeks na mostra realizada na Stricoff Gallery em Nova York, pelo coletivo “The ArtBox Projects” (março 2018);
– Exposição Coletiva “Como resistir no mundo de hoje?” da Galeria Cañizares em Salvador / Brasil (março 2018);
– Mostra coletiva de arte contemporânea “Anatomia da Beleza” na galeria Casa Cava em Matera / Itália (abril 2018);
– Mostra coletiva “Rinascita, Inno alla Primavera” na galeria SanLorenzo Arte em Poppi – Toscana / Itália (abril 2018);
– Exposição “Carta Obra México” do Centro Cultural Brasil México, na cidade do México (maio 2018);
– “Rizoma” Mostra Multimídia Internacional de Arte Contemporânea em Ouro Preto / Brasil (julho 2018).