Veja aqui a matéria

Design na rua

Tiago Curioni foi o primeiro a participar da ação. Ele apresentou sua poltrona de balanço Noemia em uma antiga vila de imigrantes na zona norte paulistana.
A peça leva o nome da avó de Tiago, que vivia em Leme, interior de São Paulo, onde ele passou grande parte de sua infância. “Lá, todas as casas ainda conservam as fachadas da época dos imigrantes, a maioria de italianos e alemães. A casa da minha avó mesmo ainda tem gravada na fachada a data 1932, quando meu bisavô a construiu.
Nas varandas, é comum ter pelo menos duas cadeiras de espaguete e esse foi o material que quis usar. Já a estrutura em alumínio é extremamente leve e durável e pode ser utilizada tanto em áreas internas quanto externas”, contou. Toda a estrutura da peça pode ter as cores alteradas.

Deixe um comentário